SCMC traz frescor para a moda de Santa catarina

Neste último sábado aconteceu a exposição Do Avesso- Uma experiência de moda e design que encerrou a 6* edição do Santa Catarina Moda Contemporânea – SCMC. Antes de mais nada é importante lembrar que o resultado final desse trabalho envolveu durante os últimos 10 meses o compromisso de um amplo time criativo composto pelos membros das empresas, instituições, alunos e a coordenação geral do SCMC. Com paixão e comprometimento em comum, cada uma dessas pessoas ajudou a criar, sem dúvida alguma, uma das melhores edições do projeto até agora.
Foi apostando num novo formato que não implicou a apresentação de desfiles e encarando a moda de uma maneira mais ampla, indo além do produto, que o SCMC entrou em sua nova fase com o pé direito. Através de estudos e pesquisas imersivas nas tendências mundiais estéticas, de comportamento e consumo, cada equipe criou ambientes conceituais dentro de containers que envolveram o público num mix de experiências sensoriais onde a visão, o tato e a audição foram explorados de forma a criar pequenos momentos de emoção e interatividade.
A intenção ali não era a venda ou a exibição de um produto material, mesmo que as equipes também tenham criado como parte do exercício criativo uma capsule collection. Toda a atmosfera envolvia a intenção de contar uma história, e a gente sabe que são as histórias que dão significado aos produtos e marcas, são elas que criam um vínculo emocional poderoso e seduzem o consumidor. Várias idéias apresentadas ali podem (e deveriam) ser adaptadas na prática para o mercado, utilizadas na concepção de vitrines, interior de lojas, material comunicativo de marca, campanhas, editoriais, etc.
Mas difícil mesmo é falar dos melhores trabalhos, porque este ano houve um salto em qualidade que nivelou muito bem as 17 equipes que participaram. Ainda assim, como não posso falar de todas aqui no post, resolvi selecionar algumas que por motivos específicos mais me chamaram a atenção. Foi o caso do grupo Diana Têxtil + Furb com suas tramas sensíveis formando peças sofisticadas de tricô vazado, apresentados em manequins luminescentes que revelavam uma segunda pele delineada por linhas orgânicas.


Outra equipe que chamou a atenção, desta vez pela interatividade com os espectadores, foi o grupo Tecnoblu + Senai Blumenau. A instalação mergulhada em luz negra convidava as pessoas a interagir com o ambiente e deixar sua própria marca, resgatando assim a narrativa da origem e evolução das tags, principal produto da empresa.


O grupo Marilua + Univille, que se inspirou na orquídea Laelia Purpurata, destacou-se pela linda projeção de um vídeo luminoso que evoluia sob uma das peças da capsule collection. O efeito visual instensamente belo e envolvente chamou a atenção junto às demais peças ricamente trabalhadas que lembravam muito os trajes clássicos de balé.


Destaque ainda para o jantar poético da Copa e Cia + Senai Brusque. Inspirando-se nas palavras do poeta catarinense Lindolf Bell e articulando o tema de forma inteligente com o segmento da empresa, que é lider em jogos americanos para uso doméstico, a equipe criou um cenário composto por máquinas de escrever no lugar de pratos, convidando os visitantes a saborear palavras editadas e poemas recortados ao som de teclas datilografadas.


Para fechar ainda vale destacar o ambinte duplo da equipe Dudalina + Senai Jaraguá do Sul, que soube dialogar bem com o a estética minimalista da camisa branca mas surpreendeu mesmo com o segundo ambiente coberto de espelhos e mãos de cera, alusão ao tema Mão – Máquina, que representa os valores da empresa baseado na manufatura e no processo industrial.


E ainda a equipe Dalila Têxtil + UDESC que buscou no principal produto da empresa, a malha listrada, e nos valores de constante transformação cultivados pela Dalila a inspiração para criar um ambiente listrado em preto e branco que brincava com a ilusão de ótica, lembrando muito a op art, onde as listras criavam novas formas e movimentos, gerando novas realidades visuais.


Além de toda essa experiência imersiva, o SCMC trouxe também este ano uma mostra de fashion vídeos conceituais que dialogam perfeitamente com os movimentos contemporâneos da moda. Para quem tem interesse em assistir fica a dica. Entre no site oficial do projeto www.scmc.com.br. Já estão todos lá!

*Fotografia- Magno Bottrel
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s