Consumo fast fashion

É incrível como o ciclo da moda está tão rápido que às vezes é até difícil de acompanhar tanta novidade. O verão 2010/2011 nem começou ainda, e nas lojas o que se percebe são liquidações fora de época e a chegada das coleções de alto-verão ou resort. Para as marcas e estilistas o verão já é passado, a criação agora se concentra no inverno do ano que vem, que inclusive já tem data de largada nacional com os desfiles do Minas Trend Preview, que começa dia 3 e se estende até dia 6 de novembro, mostrando em primeira mão o que as marcas mineiras propõem para o próximo inverno.
Enquanto isso, os desfiles internacionais para o verão 2011/2012 acabaram de terminar, deixando várias propostas lindas e frescas que dá vontade de usar agora. Provavelmente daqui a um mês essas tendências já vão estar chegando na Zara, e o verão 2010, quem nem começou por aqui, já vai estar com cara de déjà vu. Em meio a essa corrida de “quem chega primeiro no mercado”, as empresas que não tem uma boa estrutura de planejamento de coleção e produção, além de uma ótima logística, ficam literalmente para trás.
Trabalhar com moda hoje é como estar sempre correndo na direção de algo que você nunca vai alcançar. Tudo tem que ser tão rápido que se perde pelo caminho o sentido e o conteúdo do que se está fazendo. Eu, que além de já ter trabalhado com criação, tenho o hábito de estar sempre pesquisando informação de moda, acabo consumindo isso tudo através de imagens pela internet antecipadamente. Ultimamente, quando vou até as lojas, poucas coisas conseguem realmente chamar minha atenção. Por outro lado, o consumidor tradicional, que não consome informação de moda, acaba nem absorvendo tudo isso, e ainda se confunde nesse emaranhado de inovações. De qualquer forma o que me parece é que, às vezes, até as novidades cansam.
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Consumo fast fashion

  1. Sou leigo quando o assunto se trata de moda e o conceito “fast fashion”. Mas, concordo plenamente com a tua colocação sobre pesquisa e informação de moda. Comigo também acontece isso. Ultimamente, as roupas que me chamam mais atenção estão nos brechós. Pelo que me parece, o mercado da moda está sempre 2 anos a frente do tempo, no mínimo, independente do hemisfério. Não caberia as grandes marcas geradoras de tendência, segurarem um pouco esse produto? Ou a corrida de “quem lança primeiro” é a explicação?

    Bjs

    • glacechinel

      Rodrigo, esse tipo de questão que você levantou é algo que renderia um bom tema para um grupo de discussão. O fastfashion já gerou até uma contra-reação, o slow fashion, que é o conceito que define que a moda deveria ter uma velocidade menor, valorizando peças que persistam mais de uma estação, que sejam mais duráveis em relação à obsolência das tendências. É claro que quem trabalha com slowfashion é um grupo bem pequeno, e os estilistas mais “conceituais”. Hoje, de maneira geral, não interessa para as grandes marcas, utilizando a sua expressão, diminuir o ritmo de “abastecimento das novidades”, porque são essas novidades que seduzem, instigam o consumidor a comprar, a estar sempre indo à loja ver “o que chegou de novo”, garantindo assim, os altos números de vendas . Tanto que atualmente o que se percebe é que as marcas maiores não trabalham mais com coleção primavera/verão e outono/inverno, e sim várias pequenas coleções durante todo o ano. Mas para nós que consumimos muita informação de moda, esse processo contínuo acaba se desgastando e perdendo o sentido. Inclusive um dos problemas dos fastfashion é que por ter que ser tudo muito rápido, não se cria nada de verdade, obviamente não dá tempo. A criação feita nesse sistema é mais uma adptação do que já existe, ou pior, muitas vezes a cópia mesmo. Enfim, fica difícil me estender aqui mais sobre o assunto, mas deixamos uma semente plantada para futuras conversas, não só sobre o fastfashion como tantas outras questões que possam surgir.
      Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s